como parar de usar cocaina

Qual a Melhor maneira de Parar de Usar Cocaína

Cocaína

A cocaína é uma droga ilícita extraída da folha da coca, uma planta bastante comum na região do Andes, principalmente na parte do Peru e Bolívia. A população indígena sempre usou a folha, mascando pedaços no dia a dia ou utilizando em rituais, chás e medicamentos naturais. 

A cocaína é uma droga semi sintética, categorizada como estimulante em relação aos efeitos provocados no sistema nervoso central (SNC). O processo de fabricação da planta da coca no entorpecente conhecido como cocaína, consiste em apenas duas fases.

A cocaína é uma droga forte que pode causar dependência química e causar diversas reações negativas no organismo, podendo levar à morte. Mesmo assim, seu uso é bastante frequente no Brasil.

O uso de cocaína no Brasil

Em 2019, o 3º Levantamento Nacional Sobre o Uso de Drogas Pela População Brasileira revelou seus números. A pesquisa foi realizada entre maio e outubro de 2015, com elaboração do documento concretizada em 2017, coordenada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) por meio da parceria com o Instituto Nacional Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Instituto Nacional de Câncer (Inca) e a Universidade de Princeton, dos Estados Unidos.

Os pesquisadores entrevistaram cerca de 17 mil brasileiros, com idades entre 12 e 65 anos, sendo este o levantamento mais completo já realizado em território nacional. 

De acordo com os dados, a maconha ainda é a droga ilícita mais consumida no Brasil, seguida justamente pela cocaína em pó. Segundo os resultados, 3,1% dos entrevistados já consumiram o entorpecente. Nos 30 dias anteriores à pesquisa, 0,3% deles afirmaram ter usado a droga.

O crack, outra forma da cocaína (em pedra), também entrou na lista. Cerca de 1,4 milhão de pessoas, entre 12 e 65 anos, disseram ter usado a droga e similares em algum momento da vida. O que representa cerca de 0,9% da população na pesquisa.

O inquérito domiciliar, contudo, não conseguiu definir as pessoas que são usuárias, mas não se encontravam com frequência na residência. Ou seja, os números citados podem ser ainda maiores.

Por que a cocaína vicia

A cocaína possui um efeito estimulante gigantesco, o que dura pouco tempo. Logo quando ele passa, a pessoa pode experimentar um estado de depressão, que afeta o comportamento. Tal reação, é o principal motivo que catalisa a busca por consumir mais da droga.

Esse entorpecente age no sistema nervoso central, no hipocampo, para ser mais preciso. A área afetada é responsável pelos comportamentos sociais, emoções e sensações de prazer, as quais liberam neurotransmissores, que por sua vez, ativam a sensação de prazer e bem-estar.

Acontece que o hipocampo está ligado à memória e, no caso, registra todas as sensações de satisfação que a droga provoca. Desencadeando a vontade de repetir a dose, sempre procurando por mais.

Como parar de usar cocaína

Abandonar um vício é algo extremamente complicado. Às veze o desejo até existe, mas não resistência que aquente a tentação. Por isso, não existe um método certo para alguém parar de usar cocaína. Ela simplesmente precisa parar. De uma vez. Corte total.

Quando uma pessoa está na situação de dependente químico, é impossível reduzir o uso até parar. Pelo contrário, às vezes ela busca por mais. Sendo assim, o corte abrupto pode ser a melhor saída. 

O problema é que, o primeiro passo para parar de usar cocaína é querer parar. Ninguém pode fazer isso pela outra pessoa. Ela mesma precisa reconhecer que precisa de ajuda e ter o desejo de melhorar. 

Para isso acontecer, o ideal é sempre conversar com ela, lembrar de todos os momentos da vida que tem perdido. Não desista dela, lembra-se que ela se encontra numa situação na qual é dominada por uma vontade insaciável de consumo do entorpecente. 

Tratamentos recomendados para dependentes de cocaína

Como dito, não há um jeito específico de alguém parar de usar cocaína. Se livrar da dependência química é um processo que requer meios e abordagens estratégicas. Confira a importância e vantagens de alguns tratamentos de reabilitação.

Psicoterapia

Trabalho executado por um psicólogo, o qual irá buscar entender o que levou aquela pessoa a consumir a droga em primeiro lugar. Qual sua relação com a família, amigos e sociedade? Mais do que isso, consigo mesma.

Medicamentos

Costumam ser usados na fase de desintoxicação, quando ocorre a limpeza das substâncias tóxicas do organismo do adicto. Também podem ser usados no período de abstinência.

Internações

O bicho de sete cabeças tanto entre os dependentes quanto seus familiares. No entanto, a internação é um meio de proporcionar um novo estilo de vida ao adicto. Há processos durante o tratamento, fases que eles precisam cumprir, além de ter a chance de se reconectar com o próprio ser. 

A internação é mais recomendável quando o nível do vício está em estado crítico, onde a pessoa prejudica não apenas ela, como também outros ao seu redor. 

Portanto, a verdade é que não existe fórmula mágica para parar de usar cocaína. Para isso acontecer, o dependente precisa ter um lapso de realidade e perceber o quanto se transformou em um perigo para si e para quem ama. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *