cannabis mais fotes do mundo

Conheça as Cannabis Mais Fortes do Mundo

Maconha

A maconha é um entorpecente produzido por meio da Cannabis, planta que possui uma substância psicoativa conhecida como deta-9-tetrahidrocanabiol, o tão famoso THC. Embora seu consumo seja mais popular através do fumo, ela pode ser usada de outras formas, como por via oral, inalação e até mesmo intravenoso.

Amada por muitos e odiada por outros, fato é que a verdinha sempre esteve por aqui e tem ganhado cada vez mais lugar na sociedade mundial. Hoje, os países do ocidente que ainda não legalizaram a cannabis, seja ao menos para o uso medicinal, debatem sobre os prós e contras de sua legalização.

De qualquer maneira, embora não seja bem quista em certas regiões, ela certamente está presente em todo lugar. Para curtir uma onda, aliviar dores ou como tratamento alternativo para determinadas doenças, a maconha chegou para ficar.

O barato é provocado pelo THC, por isso, quanto mais elevado o índice da substância na cepa, maior será a viagem. Sendo assim, conheça agora algumas das cannabis mais fortes do mundo.

As cannabis mais fortes do mundo

1 – Skunkberry

Embora seja um dos híbridos mais antigos que se tem notícia, sua produção é rodeada de mistério. Sabe-se que ela é derivada do cruzamento entre Blueberry e Skunk, oferecendo uma variedade perfeitamente equilibrada.

Máximo de THC: 40%

Uso comum: enxaqueca

2 – A-Dub (Southern California Patients Association)

Com o sabor mais adocicado e efeitos um tanto equilibrados, a strain A-Dub também possui produção híbrida e é bastante popular por sua rápida potência. 

Criada na Califórnia, ela nasce a partir do cruzamento entre Sour Double e Alien Dawg.

Máximo de THC: 30%

Uso Comum: depressão, enxaqueca e dores musculares.

3 –  Bruce Banner #3 (Strainwise – The Haven)

Originária do Colorado, essa cannabis foi eleita a número um em 2013, assim como a mais potente da história da Cannabis Cup.

O fenótipo #3 possui OG dominante a partir de um projeto de hibridização, com a mãe OG Kush e o pai Strawberry Diesel.

Máximo de THC: 30%

Uso comum: depressão, perda de apetite e ansiedade

4 – Tickle Kush (Greenwerks – Denver)

Cepa híbrida criada por Greenwerkz no Colorado. Possui a combinação do sabor terroso do diesel de Chemdawg com o pungente e vigoroso LA Kush. 

Em 2014, foi eleita a cepa mais forte do mundo pela High Times, com efeitos potentes que são um equilíbrio de sensações.

Máximo de THC: 27%

5 – Blue Cookies (TLMD Collective)

Considerado um fumo forte até para os acostumados com o beck, esse híbrido oferece grande equilíbrio de efeitos psicóticos e físicos. 

Ousa no sabor para combinar com seu visual. Possui cheiro frutado e úmido, semelhante ao terroso de Blueberry e GSC.

Máximo de THC: 25%

Uso comum: depressão, estresse traumático e ansiedade

6 – Strawberry Cough

Híbrido nascido do cruzamente entre Strawberry Fields e Haze, realizado pelo pioneiro da cannabis, Kyle Kushman, ex-editor da High Times.

É leve e possui um sabor mais frutado e suave. Por ser estimulante e produtiva, seu consumo pode ocorrer em diversos tipos de ambientes. 

Máximo de THC: 23%

Uso comum: depressão, perda de apetite e ansiedade

7 – Girl Scout Cookies

Composto a partir de OG Kush e Durban Poison, essa variedade também é conhecida como Berner’s Cookies, em homenagem ao rapper Berner, cujo nome verdadeiro é Gilbert Millam Jr.

Foi ele quem desenvolveu a cepa e se tornou um mestre no branding, colocando seu produto no mercado pelas mãos de Wiz Khalifa.

Máximo de THC: 235

Uso comum: depressão, perda de apetite e insônia

8 – Headband

A cepa é o cruzamento entre as básicas OG Kush, Master Kush e Sour Diesel. Seu nome original significa “bandana” em inglês e isso se deve ao fato de ela provocar grande pressão ao redor das têmporas nos usuários, consequência da dilatação dos vasos sanguíneos presentes no rosto. Tal sensação é graças ao forte THC encontrado nela.

Máximo de THC: 27%

Uso comum: depressão, perda de apetite e ansiedade

9 – Rugburn OG

Criada pelos desenvolvedores da Rare Darkness Seeds, essa cepa possui uma vasta opção de sabores, sendo os mais procurados de limão e diesel. Ela é bastante utilizada para aliviar dores, ajudar na depressão, na perda de apetite e até mesmo náuseas.

Máximo de THC: 26%

Uso comum: depressão, perda de apetite e insônia

10 – R-18 (Denver Relief)

Criada pela DNA Genetics, essa cepa híbrida é poderosa, tendo levado o primeiro lugar na Hybrid Cup, de 2013, em Denver. 

Em 2009 e 2010, garantiu o prêmio da High Times Cannabis Cup, e a Europe Champions também em 2010.

Máximo de THC: 20%

Uso comum: falta de apetite, ansiedade e artrite

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *